sábado, 12 de março de 2011

Bolo Red Velvet

Vamos à receita do bolinho red velvet de que falei no meu post anterior. Veio do blog da loja Barra Doce. Mudei o modo de fazer, já que usei forminhas individuais, e fiz outra cobertura, que originalmente era branca. No link acima, a receita original e abaixo, a minha:

BOLO RED VELVET

- 2 ovos
- 1 1/2 xícaras de óleo
- 1 xícara de buttermilk (que no Brasil é um tal de leitelho -- para fazer em casa: no copo de medida, coloque 1 colher de sopa de suco de limão e complete com leite, misture e deixe descansar por 10 minutos antes de usar para talhar. Não se preocupe, a consistência não muda mesmo...)
- 1 colher de sopa de vinagre
- 1 colher de chá de essência de baunilha
- corante vermelho (tem que ir colocando a olho... usei cerca de um terço do potinho do corante em gel vermelho vermelho da Wilton, que tinha comprado há um tempo no próprio site da Barra Doce)
- 2 1/2 xícaras de farinha de trigo
- 2 xícaras de açúcar
- 1 colher de sopa de cacau em pó
- 1 colher de chá de sal
- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Preaqueça o forno a 180º. Bata os ovos até ficar bem claro. Acrescente os ingredientes líquidos, inclusive o corante, e bata para misturar bem. Em outra vasilha, misture os ingredientes secos. Eu costumo peneirar tudo. Vá acrescentando os secos à mistura líquida aos poucos, batendo para misturar.
Usei quatro forminhas de cerâmica refratária que comprei na 25 de Março. Untei bem as forminhas com manteiga e farinha e enchi 2/3 com a massa. O que sobrou de massa eu coloquei em forminhas de papel de muffin. Leve ao forno por cerca de 30 minutos, fazendo o teste do palito. Além dos quatro bolinhos em forma de coração, consegui mais 18 muffins! É bastante massa. Esse bolinho é muito macio e o sabor é gostoso, mas digamos que não tenha naaada de muito especial. Por isso, cortei os corações aos meio e passei um tantinho de brigadeiro (que fiz no microondas mesmo) antes de cobrir. Nos muffins, fiz um buraquinho em cima, enchi de brigadeiro e depois cobri.
Para a cobertura, derreti uma barra picada de chocolate meio amargo (170g) e depois misturei com meia caixinha de creme de leite. Espalhei no bolo morno. Essa cobertura fica brilhante na hora, mas depois fica opaca e mais firme (é bom saber, né?).
Deve ser divertido fazer essa receita em outras cores também. Montar um bolo bem psicodélico! ;)



Dedico este post à amiga Mari Levenhagen, que se formou comigo em jornalismo e resolveu montar a Vó Maria Doces para exercitar o lado boleira no tempo livre! Mari, desejo todo o sucesso do mundo!

3 comentários:

Karina Batista disse...

Caramba, Fátima, bem que você poderia mandar um desses pra mim. Nunca fiz o bolo vermelho, mas morro de vontade de experimentar. Beijos e bom fim de semana.

mariana Z. disse...

Olá, Karina. Na verdade, fui eu, a filha da Fátima, que fiz o bolinho. É que eu andei muito afastada do blog, é comum acharem que só minha mãe escreve aqui! ;)
Um bejo,
Mariana

Ale Quejinho disse...

Minha primeira vez por aqui, e estou amando. Deixo meu convite para conhecer o meu blog, se gostar me siga tambem que ficarei honrada.
Ale