quinta-feira, 30 de abril de 2009

afundada em dúvidas




lendo um post da margaret e da ozenilda, comecei a pensar no que é que faz a gente deixar ou não um comentário quando visita um blog.
sim, porque tem pessoas que entram, lêem e saem de fininho, sem deixar rastros - exceto um número no contador.

besteira dizer que a gente escreve por escrever, sem esperar feedback. se fosse assim, bastaria escrever no editor de textos e arquivar. tiraria as palavras de dentro da cabeça, esvaziaria o peito, acalmaria o coração e pronto.

acho que a partir do momento em que se faz um blog e se começa a escrever nele, a abrir a alma, a casa, a cozinha, a postar qualquer coisa, ainda que sejam simples fotos copiadas de outros blogs sem nenhum acréscimo, se espera conhecer a opinião dos leitores a respeito do que está sendo publicado.

caramba, é inútil mentir, todo mundo é um pouco vaidoso, todo mundo quer saber se agradou, todo mundo fica feliz quando agrada!

é horrível conversar com a porta, não é? então, escrever pra ninguém também é.

é estranho, mas a maioria esmagadora dos leitores não se manifesta - dá pra ver pela quantidade de visitantes.
será que gostaram?
será que me acharam uma chata?
será que vão voltar?
são os mesmos que vieram no dia seguinte?
será que o assunto é ruim ou eu que escrevo mal?
será que a foto tá feia ou o texto ficou grande?
dessa vez o texto ficou pequeno demais?
será que eu faço muitos posts e encho o saco do leitor?
será que estou postando pouco e caindo no esquecimento?
será? será? será?

então eu pergunto( responde essa, vai...):

1- o que é que te faz comentar um post?

2- o que é que te faz passar (ou porque é que você sempre passa) batido, na moita?

19 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

Eu comento daqueilo que eu gosto a primeira vista, quando passo a conhecer e gostar de quem escreve, comento pela amizade e se não gostar digo que não gostei e porque não gostei, deixando assim minha opinião com alguém com quem gosto de me relacionar.
Se não comento e porque não me interessou, mas aí não volto ao blog. Tem alguns que visitei, li, procurei algo do meu interesse mas não achei. Tem outros que comecei a seguir, mas eles foram se distanciando daquilo que me interessava, então deixei de visitar. É simples assim para mim.

dollystar disse...

Fátima querida, raros são os blogs que entro e saio. sempre deixo alguma linha, nem que seja de saudação... mas cada um é cada um...sabe-se lá porque não querem escrever...
Agora qto ao contador, o numero vai longe porque as pessoas entram em teu blog e visitam outras postagens e cada postagem é uma visita, ocorre isso tb comigo. Aliás eu uso dessa pratica, o dia que estou mais liberada, procuro ver o que a pessoa postou anteriormente!
bjs bom feriado
Dolly

angela disse...

Fátima, estou com post pronto sobre o motivo que me levou a fazer um blog e devo postar logo,
achei oportuno o seu texto e é isto mesmo, se escrevemos algo, queremos saber se estamos agradando ou desagradando, é muito bom e esperado sim, receber os comentários, quanto as suas perguntas,a #1 ao longo do caminho fui adquirindo afinidades com quem escreve, com a forma de escrever, com o assunto e sempre que possivel, comento em quase todas as postagens, a # 2 para conhecer o blog novo faço a primeira visita ou por esta linkado num blog amigo ou por curiosidade de um tema, mas se não sentir um empatia imediata ou não me identificar com a forma de escrever ou até mesmo com apresentação, então deixo de visitar e não comento, ai infelizmente servi apenas para a ser mais um no contador de visitas. bom feriado!

gamela presentes disse...

Querida xará,é difícil saber as causas dos que não comentam.
* medo de escrever errado?
* pressa (muitos estão no trabalho)?
* timidez (também acredito nisso)?
Já ouvi estes argumentos entre muitos outros.
Seja qual for o motivo, é uma pena!!!
Um ótimo feriado e beijocas.
Fátima.

Maria disse...

Fátima,
Eu sempre que visito um blog, deixo um comentário goste ou não do post. Acho que quando entramos no espaço de alguém, fomos não para bisbilhotar, mas alguma coisa nos remeteu até lá. Sempre faço um comentário adequado ao post, pois tem gente que comenta coisas alheias ao assunto tratado, isto prova que não leu nada. Sempre deixo um pitaco construtivo,pois vejo muito em blogs as pessoas se atacando via comentário. Nunca saio de um blog sem deixar um comentário, pois sair de fininho ne dá a impressão de ser uma ladra, olhar, ver o que tem e sair sem comentar. Hoje a visito pela primeira vez, vim através do blog da Edília e me chamou a atenção o titulo de seu post. Acredite-me gostei muito de seu espaço e virei visitá-la. Em meu blog, algumas semanas atrás fiz mais ou menos um comentário como o seu e me perguntando qual é a finalidade do blog ??? Já pensei até em desativá-lo definitivamente, pois observo que muitas pessoas só entram em nosso espaço afim de "angariar" seguidores, depois nunca mais voltam ao blog, simplesmente tomam chá de sumiço.É claro que a gente escreve para as pessoas lerem e gostamos de receber um comentário agradável. Acredito que o blog é para que possamos fazer amigos e compartilharmos de várias coisas. Parabéns pela sua postagens estou inteiramente de acordo com você.
bjs

Kyria disse...

Oi amiga, vou a cata dele, não sei o quê que eu fiz prá ele sumir, afinal entendo muuuuito de informática. Vou colocar meu pequeno prá dormir, esperar o grande chegar com o pai e volto, já tinha respondido o seu post de hoje, foi agorinha, e perdi também. Até já

Tuca Kors disse...

Eu não comento sempre, o tempo é curto, só escrevo realmente quando me afeta ou me provoca de alguma maneira.
Tem este lado da vaidade, de gostar de receber comentários, porém o meu blog seria mais um caderno, daqueles em que a gente escreve, cola fotos, imagens, copia poemas, letras de músicas...tive vários assim, de papel. Gosto de pesquisar e adoro novidades. Adoro acompanhar outros blogs,porém não tenho muita paciencia de escrever - sinto uma preguiça...mea culpa
:)
Um beijo e tenha uma boa noite!

Suelly Marquêz disse...

É CLARO QUE VOU COMENTAR!
Sem medo algum de ser feliz, sempre aprendo em qualquer assunto, tem sempre algo inusitado, ninguem é igual ao outro e o olhar é diferente, e o que amo de viver è encontrar esta diversidade, como na maioria das vezes eu sou das que escreve na linha dos pensamento livre, eu tenho verdadeira alegria de ler sobre as casa, organizaçao, cosinhas, confeitaria designe, ou liberando meu lado criativo, e agradeço, pois se creio que recebi presente são lindos, retribuo com comentarios,
Vou voltar,o meu blog é simples como eu sou tambem, não tenho muitas tecnicas, e nao me preocupo em fazer genero, Bom fim de Semana]
Suelly

mariacarambola disse...

Oi querida, tudo bem?

Sempre dou um jeitinho de deixar um comentário, nem que seja apenas um oi. Mas percebi que tem gente que acha que "apenas um oi" é uma forma de fazer propaganda no espaço de comentário do blog alheio.

Já acompanhei vários blogs, de visitar todos os dias, comentar, tentar interagir, mas quando percebo que a recíproca não é verdadeira, desisto. Já não visito mais esses blogs com tanta frequência, só mesmo para uma passada rápida de olho, ver o que anda acontecendo por aí.

Costumo visitar e comentar quem me comenta. É uma troca, uma forma de fazer amizade. Talvez esteja errada, enfim.

QUERO SER ORGANIZADA disse...

Adorei o seu post!

:D

Sempre procuro deixar uma mensagem... acho que vc já percebeu?
O recadinho é uma forma de dar apoio... incentivo... :D
QUem não gosta de receber recados? EU adorooo!

:D

Só agora vi mais posts com fotos da casa do interios... que casa legal... espaçosa... :D Adorei!

Beijoos

Kyria disse...

Fátima, só li da Danuza, da Jane Fonda (bastante complicado o relacionamento familiar dos Fonda). A vida da Maitê Proença também foi fora do padrão, você leu?
Amanhã vou postar o comentário do seu último post. Bjs

Lourdes Fiedler disse...

Olá,

Pode ser que o visitante pense: ela não vai ler o meu comentário...com tantas coisa para escrever.
Eu pensava assim, e não gostava de comentar como anônimo, porque aí sim eu estaria bisbilhotando.
Beijos.

lilly disse...

realmente a falta de cometário é intrigante; mas não é motivo para parar com o blog.
margaret diz que perdeu o foco.
se ela sabe que perdeu, sabe como voltar.
muitos blogs dificultam a postagem.
alguns são mais faceis.
pode ser isso.
na maioria das vezes, a preguiça é o motivo de não comentar.
bjo

Fer Guimaraes Rosa disse...

Fátima, eu acho que comentarios sao relativos. Conheco blogs muito bons, com muitos visitantes e que nao tem 456832 mil comentarios em cada post. A tendencia eh medir popularidade e repercussao por numeros de comentario, mas isso eh um engano. E quem comenta so pra dizer "que lindo" nao tem muito pra acrescentar. Se o objetivo do blogueiro for receber elogios, alimentar o ego ate explodir, os zilhoes de comentarios so afirmando que gostaram, que lindo, etc, serao muito importantes. Ha tambem os blogs onde as pessoas conversam, discutem e trocam ideias nos comentarios e eu acho isso legal. Mas se o objetivo for passar a mensagem, dizer coisas, mostrar coisas, dai o numero de pessoas voltando todos os dias, mesmo caladinhas, eh o que interessa. Nao acho o meu blog super comentado, mas eu tenho dois objetivos basicos: que meu blog seja um para mim um canal de expressao do que eu gosto de fazer [cozinhar, fotografar, escrever] e para que as pessoas que me visitam curtam o que eu coloco la. Se as pessoas leram um texto e se divertiram, o objetivo ja foi comprido. Se uma foto encantou, idem. Eu uma vez disse que garanto que quase sempre os leitores do Chucrute vao sair de lá com um sorriso na cara. Mas se a pessoa quiser comentar, eu acho otimo. Ja eu parei de comentar a esmo ou por reciprocidade ha muito tempo. Eu agora so comento quando tenho algo pra dizer, num ato espontaneo e honesto, como estou fazendo aqui, agora! :-)

beijaoo,

* sua casa eh linda, parabens!

Kyria disse...

Oi Fátima, postei o texto do Machado de Assis.Faço comentários para emitir a minha posição a respeito do assunto tratado. A maioria das vezes gostaria de falar mais, mas o cansaço ou as atividades de casa não me dão tempo principalmente com duas crianças em casa ( 5 e 11 anos). Quase nunca passo batido por um post. Quanto a mim, não tenho muita expectativa com relação aos comentários, vou postando o que gosto ou o que acho interessante apesar de ficar satisfeita quando recebo as observações. Bjs

Maria Lia disse...

Fátima, entrei hj pela primeira vez no seu blog. Gosto de focar em um só e ler tudo, gostei do que vc escreveu. Penso assim, todos nós gostamos de ser prestigiados, é necessário para o bom andamento da nossa máquina. Porque então, não fazer um elogio? Não escrever uma palavrinha simpática? Não dispender um pouquinho do nosso tempo para ouvir um amigo? Mesmo que aquilo tudo para nós seja bobagem. Está faltando solidariedade em todos os sentidos. Parabéns pelo blog Fátima.

Anônimo disse...

Oi... ler blogs é, para mim, uma maneira de encarar a relidade de outras formas que não aquela a que estou habituada. Abre portas, janelas, às vezes simples buraquinhos, mas que ficam ali, acalentando ou perturbando, depende do assunto. Saídas à francesa, sem comentários, no meu caso, são por que não estou em busca de falar - ou, no caso escrever - e sim de ouvir - ou, no caso, ler. Só isso. Mais nada. Beijos. Daniela Kohl.

Isabel Cristina disse...

OI Fátima, está dúvida está pairando no mundo dos blogs! Quando comecei meu blog, um dia, depois de uma postagem com poucas visitas, fiz outra postagem questionando a falta de comentários, se as pessoas não estavam gostando, se eu estava escrevendo mal, etc. Para minha surpresa, recebi muitos comentários, de pessoas me incentivando a continuar com o blog. Vou te confessar, eu adoro comentários, não para inflar meu ego, mas para saber a opinião das pessoas sobre as coisas que " invento", uso os comentários para tirar dúvidas, trocar idéias, aprender muito e fazer amizades. Eu sempre procuro deixar comentários nos blogs que visito, mesmo quando estou apertada e com pouco tempo eu dou um jeitinho de deixar algumas linhas. Quando percebo que não visito um blog há muito tempo, corro lá e dou o ar da graça. Os blos criam redes de relações,e com a passagem do tempo algumas se mantem firmes, outras se perdem no caminho, como ocorre na vida real não é? Eu posto para as pessoas lerem, darem opiniões ou críticas. E a cada dia gosto mais deste mundo blogueiro! Beijos

Flávia disse...

Fátima, o último comentário foi meu... saiu anônimo por engano.
Beijo Flá