quarta-feira, 29 de abril de 2009

eles também não querem




pesquisa encomendada pelo sindicato dos empregados em bares, restaurantes e hotéis da capital (SP), mostra que 81% dos garçons são favoráveis à lei antifumo, que está para ser sancionada pelo governador josé serra. entre os entrevistados fumantes a aprovação é de 60%, subindo para 86% entre os não fumantes - considerando o número de entrevistas, a média ficou em 81%.

os garços são grandemente prejudicados pelo cigarro, já que ficam expostos à fumaça durante todo o período de trabalho - e sem receber adicional de insalubridade por isso.

os sindicatos patronais, obviamente, continuam contra, com aquele blá-blá-blá de que vão perder freguesia. (leia mais)

agora eu pergunto: vão perder freguesia pra quem, se não vai poder fumar em nenhum estabelecimento? ou eles acham que a pessoa vai deixar de sair e ficar enfurnada em casa só porque não pode mais dar suas baforadas?

vale lembrar que os espertinhos que estão registrando seus estabelecimentos como tabacarias, só pra escapar da lei, não vão conseguir, porque a secretaria da saúde já esclareceu que tabacaria é estabelecimento destinado exclusivamente ao consumo de tabaco - sem direito nem a um cafezinho. (leia mais)

minha opinião? tá aqui.

3 comentários:

Ozenilda Amorim disse...

Polêmico, mas eu adoraria que isso fosse adotado no país todo. Detesto cigarro, mas essa sou eu e sei que o direito das outras pessoas deve ser respeitado.
;)

mariacarambola disse...

Sou fumante há mais de quinze anos. Já deixei o cigarro algumas vezes e voltei a fumar em um ou dois anos. Sei que é superprejudicial, que as pessoas não gostam, que a nossa pele fede, que o hálito fica horroroso, os dedos amarelos, o cabelo maltratado, mas... cada um na sua. Não fumo em lugares fechados, nem em casa, só quando estou fazendo o trajeto de casa para o trabalho e do trabalho para casa, com algumas exceções, é claro. E, pra falar a verdade, não gosto que fumem perto de mim quando não estou fumando. Por isso, a aprovo a iniciativa.

fátima disse...

mariacarambola,

eu fui fumante durante 30 anos, e sei bem o que são esses "efeitos colaterais" do cigarro. e eu também não gostava que fumassem perto de mim qdo. eu não estava fumando, o que quer dizer que a gente sabe que incomoda, né?

acho ótimo que pessoas como você, fumantes, manifestem-se a favor da lei!

bj